Newsletter da SPEDM

Sugestões de Leitura #12

Sugestões de Leitura
Ed.
Abril 2024

Artigos EM REVISTAS INTERNACIONAIS 

Long-term clinical sequelae and socio-professional performance in craniopharyngioma patients.  

Cosme I, Gomes AR, Reis D, Nobre EL, Alexandre MI, Gomes V, Marques P, Silvestre C.

Minerva Endocrinol (Torino). 2024 Feb 15. doi: 10.23736/S2724-6507.22.03719-8. Online ahead of print.

Análise retrospetiva das sequelas clínicas, grau académico e empregabilidade, duma amostra de doentes com craniofaringioma após tratamento (n=33, 22 diagnosticados em adulto). Verificou-se relação entre as sequelas clínicas e o tratamento efetuado. Após o diagnóstico, 9 doentes completaram a formação académica. Nos diagnosticados em idade pediátrica, 3 estudam, 7 estão empregados e 1 reformou-se por invalidez. Quanto aos diagnosticados em adulto, 11 estão empregados e 11 estão reformados (6 por invalidez). Não foi encontrada associação entre o grau académico/empregabilidade e o tratamento realizado. Comparativamente à população portuguesa, não se verificou que esta amostra tivesse um grau académico inferior.

Inês Cosme, ULS de Santa Maria


Serum prolactin levels and mortality in adults without prolactinoma: A meta-analysis. 

Papazoglou AS*, Leite AR*, Moysidis DV, Anastasiou V, Daios S, Borges-Canha M, Giannopoulos G, Neves JS, Ziakas A, Giannakoulas G. *

These authors contributed equally to and share first authorship of this work. J Clin Endocrinol Metab. 2024 Feb 15:dgae087. doi: 10.1210/clinem/dgae087. Online ahead of print.                                                                                             

Tem-se assistido a uma publicação crescente de estudos que exploram o valor prognóstico da prolactina em contextos clínicos variados, dado o papel pleiotrópico desta hormona. Neste contexto, realizámos uma revisão sistemática com meta-análise com vista a sintetizar a evidência existente relativa à associação entre os níveis séricos de prolactina e o risco de mortalidade em adultos sem prolactinoma. Dos catorze estudos incluídos, abrangendo um total de 23.596 indivíduos, verificou-se uma associação estatisticamente significativa entre níveis mais altos de prolactina e maior risco de morte cardiovascular e por todas as causas. Assim, a prolactina parece ser um preditor independente de mortalidade.

Ana Rita Leite, ULS São João


AdultCarbQuiz for the Portuguese population with type 1 diabetes mellitus: translation, cultural adaptation and validation of its metabolic impact. 

Lopes V, Peixoto AC, De Sousa Lages A.

Acta Diabetol. 2024 Apr;61(4):505-513. doi: 10.1007/s00592-023-02223-8. Epub 2024 Jan 14.

Neste trabalho, os autores pretenderam traduzir, adaptar culturalmente e validar o questionário AdultCarbQuiz para a população portuguesa. Foi realizado, para o efeito, um estudo transversal no qual se incluíram 100 doentes com diabetes mellitus tipo 1 (DMT1) sob insulinoterapia funcional através de perfusão subcutânea contínua de insulina, tendo os autores demonstrado que um score mais elevado no AdultCarbQuiz se associou a um melhor controlo metabólico. Desta forma, os autores concluíram que este questionário, traduzido e adaptado culturalmente para o contexto português, pode constituir uma ferramenta útil na avaliação do conhecimento sobre contagem de hidratos de carbono, otimizando assim, de forma individualizada, o tratamento de doentes com DMT1.

Valentim Lopes, ULS de Braga


Cyto-Histological Profile of MicroRNAs as Diagnostic Biomarkers in Differentiated Thyroid Carcinomas. 

Matos ML, Pinto M, Alves M, Canberk S, Gonçalves A, Bugalho MJ, Papoila AL, Soares P.

Genes (Basel). 2024 Mar 21;15(3):389. doi: 10.3390/genes15030389.

Neste estudo determinamos a expressão de microRNAs selecionados e a associação com mutações genéticas, para avaliar a fiabilidade de testes moleculares em citologia aspirativa no diagnóstico pré-operatório de nódulos da tiroide. Analisamos 98 citologias e 78 histologias, de 106 doentes operados por nódulos suspeitos. Nas citologias, a expressão dos microRNAs foi mais elevada nos nódulos malignos e em histologia, a capacidade discriminativa para malignidade foi substancial. Verificaram-se associações significativas expressão elevada de microRNAs/mutação BRAF (p<0.001) e características de agressividade tumoral (p <0,05). A associação expressão de microRNAs/alterações genéticas pode refinar o diagnóstico pré-cirúrgico de nódulos da tiroide por citologia aspirativa.

Lurdes de Matos, ULS de São José


Effects of Bariatric Surgery on Sarcopenic Obesity Outcomes: A One-Year Prospective Study in Middle-Aged Women.  

Rodrigues PS, Mendonça FM, Neves JS, Luís C, Rodrigues I, Moreno T, Festas D, Pedro J, Varela A, Fernandes A, Costa EL; CRIO group; Freitas P.

Obes Surg. 2024 Mar 25. doi: 10.1007/s11695-024-07164-x. Online ahead of print.

Este estudo observacional prospetivo teve como objetivo avaliar o impacto da cirurgia bariátrica (CB) na obesidade sarcopénica (OS). Para isso, as 140 doentes incluídas foram divididas em 3 grupos de acordo com a gravidade da OS, sendo estes comparados entre si no que diz respeito à composição corporal (avaliada por densitometria óssea), outcomes metabólicos e remissão de comorbilidades 12 meses após cirurgia. A prevalência global de obesidade sarcopénica diminuiu de 89,3% para 2,9% um ano após CB. O grupo com obesidade sarcopénica mais grave foi o que apresentou maior redução de índice de massa corporal (- 15.9 ± 4.6 kg/m2, p=0.005) e de massa gorda total (- 32.6 vs - 30.5 vs - 27.9 kg, p=0.005), mas não apresentou maior perda de massa magra total (- 5.8 vs - 5.9 vs - 6.8 kg, p = 0.130). A taxa de remissão de comorbilidades foi também mais marcada neste grupo (diabetes mellitus 75%, hipertensão 47.1% e dislipidemia 52.8%). 

Miguel Melo 

João Sérgio Neves, Pietra Soares E Fernando Mendonça; Faculdade de Medicina da Universidade do Porto; ULS São João